domingo, 11 de julho de 2010

• Capitulo 1



.........................................................................................................................................


Abri a janela. O sol veio direto em meu rosto, está um dia lindo! Eu adoro essa cidade, de nomezinho simples, com pessoas amáveis onde tudo é mais fácil. Jasmine... esse nome sempre me chamou atenção e eu nunca descobri o porque dele, talvez o Sr. Gilbert meu professor de história até tenha falado sobre isso um dia, mas eu não me lembro.
Me arrumei e fui pro colégio, ultimo ano não é fácil. Ainda mais naquela escola que é o cão :X
A Alice me espera sempre no mesmo lugar, não sei como ela não enjoa, aquela arvore no meio do pátio me dá medo :S
_E aí, como foi o fim de semana? – disse ela pulando sobre mim-
_Foi um tédio como sempre, você me abandonou aqui D:
_Aah, você sabe que tive que sair da cidade por causa do meu pai, meu tio não tava bem. coitado.
_Eu sei bobinha, to só brincando :P Acho melhor a gente ir logo pra classe porque não quero chegar atrasada na aula de novo!
Fomos pra classe e não teve nada de interessante. A não ser pelo Edgar, eu viajava olhando aqueles olhos cor de mel dele. Mesmo ele nunca ter falado comigo eu já sentia uma certa atração por ele. E às vezes até chego a pensar que ele também fica me olhando. Pode ser loucura minha ou coisa do tipo, mas e daí? Aqueles olhos me tiram do chão!
O dia finalmente terminou e eu fui correndo pra casa, levei a Alice comigo, eu não desgrudava dela um segundo, era como se fossemos irmãs, crescemos juntas e convivemos até hoje!
Assim que entrei em casa vi meus pais brigando. ELES NUNCA BRIGAM! Devia estar acontecendo alguma coisa realmente beeeem horrível. Não gosto de ver eles brigando e muito menos me intrometer, fui correndo pro meu quarto sem nem ao menos deixar eles dizerem algo.
_Nossa o que aconteceu? – disse Alice tão assustada quanto eu.
_Eu queria saber. Talvez seja apenas um dia cheio pra eles dois. – menti
Tava na cara que não era daquelas briguinhas rápidas e normais de casais. Eu sabia que alguma coisa tinha, só não quis contar pra Alice apenas pra poupá-la de uma preocupação a mais na vida dela. Ficamos ouvindo musica e conversando, tentando fugir e esquecer a briga dos meus pais. Mas como não iríamos agüentar por muito tempo, Alice foi embora, cheia de preocupações e dúvidas.

2 comentários:

  1. Adoreei o primeeiro capítuloo
    Continuee assim.
    Apostoo que muitos vão querer acompanhar \O

    ResponderExcluir